Independentemente de ser pago em novembro ou em dezembro, a sua empresa tem de se preparar para gerir a despesa extra que vai suportar com o subsídio de Natal.

Se o subsídio de Natal foi pago em novembro, vai sentir um aumento das contribuições à Segurança Social em dezembro. Por outro lado, se decidir pagar o subsídio de Natal em dezembro, verifica-se um aumento dos custos com o pessoal neste mês e um valor mais elevado de Segurança Social em janeiro.

Pois bem, se a tesouraria da sua empresa está a ser especialmente afetada pela atual situação pandémica, saiba que pode adiar o pagamento das contribuições que ficam à sua responsabilidade. Ou seja, durante o mês de dezembro de 2020 e janeiro de 2021, as empresas podem adiar o pagamento da segurança social, no que diz respeito à parte da entidade empregadora.

Em fevereiro de 2021, pode decidir se quer pagar em 3 ou 6 prestações, a partir de julho do mesmo ano.

Esta possibilidade de adiamento pode ter impacto significativo na gestão da sua tesouraria. Como tal, estamos aqui para ajudá-lo a perceber como pode fazê-lo. Apresentamos-lhe de seguida o caso da Maria João, a gerente da empresa “Malas bonitas, Lda.”, e partilhamos consigo a solução que a UWU Solutions lhe apresentou.

A Maria João é gerente da empresa “Malas bonitas, Lda.” cuja área de negócio é produzir malas de forma artesanal. Este ano, a gerente decidiu pagar o subsídio de Natal aos seus colaboradores no mês de novembro. A sua organização tem 4 trabalhadores:

  • O Ricardo, que é designer e tem um vencimento bruto de 1.800€;
  • O Carlos, artesão, com um vencimento bruto de 1.500€;
  • Para além destes dois colaboradores, a empresa conta com 2 costureiras, cada uma com um vencimento bruto de 800€. São elas a Maria e a Carolina.
Cenário 1

Ao pagar os subsídios de Natal em novembro, a empresa tem uma poupança de 2.327,50€. Vejamos como chegámos a este valor:

Como aliviar a tesouraria da “Malas bonitas, Lda.”

A Maria João, em novembro, tem um custo mensal com os seus colaboradores de 12.127,50€. Este valor inclui o vencimento, o subsídio de Natal e os 23,75% da Segurança Social da entidade empregadora. Se a gerente decidir adiar o pagamento de 20 de dezembro, relativa à contribuição da empresa, consegue de certa forma diminuir a sua despesa mensal nesta fase difícil. Ou seja, reduz aquele pagamento para 9.800€, o que representa uma poupança imediata de 2.327,50€ em dezembro.

Apenas no próximo ano, em fevereiro de 2021, a Maria João terá de decidir se quer pagar os 2.327,50€ em 3 ou 6 prestações, a partir de julho.

Cenário 2

Por outro lado, a Maria João tem uma segunda opção. Em novembro paga os vencimentos como normalmente o faz, e decide pagar os subsídios de Natal até 15 de dezembro. Por outras palavras, o aumento das contribuições vai-se verificar em janeiro 2021, no momento do pagamento. Neste cenário, mantem-se a poupança dos 2.327,50€. A diferença que encontramos aqui é que, até 20 de janeiro, a empresa pode adiar o pagamento dos 23,75% e liquidá-los a partir de julho, em 3 ou 6 prestações, como já referido.

Em suma, após ter conhecimento da possibilidade de diferimento da Segurança Social, a Maria João pode analisar e decidir qual é a opção mais adequada para a sua empresa.

Tem dúvidas ou questões sobre estas questões? A equipa UWU Solutions está à sua disposição! Contacte-nos!


voupoupar.pt - Livros essenciais para grandes investidores!

Notícias em destaque:

O CEO da UWU Solutions, o Dr. Marco Costa participou no Accounting Summit 2020, o maior evento digital de contabilidade em Portugal…

Continuar a ler
Marco Costa, partner da UWU Solutions, na Accounting Summit 2020

A DLRR é um incentivo fiscal ao investimento para as PME! Este benefício permite que as empresas deduzam, no IRC, certa parte dos lucros...

Continuar a ler
DLRR - O benefício fiscal que lhe dá deduções no IRC!

Se a sua empresa retomou a atividade e esteve em Layoff ou requereu o Apoio à Retoma no primeiro trimestre, poderá obter um apoio financeiro junto do IEFP...

Continuar a ler
A sua empresa foi forçada a parar? Conheça o “Novo Incentivo à Normalização”.

De forma a incentivar e premiar os seus colaboradores, muitas empresas têm optado por implementar políticas sustentadas em...

Continuar a ler
Premeie os seus colaboradores poupando nos impostos!
Visite o nosso arquivo de notícias