A UWU Solutions mantem o seu empenho em ajudar as empresas! Por isso mesmo, queremos recordá-lo que pode usufruir de um desconto parcial de TSU (Taxa Social Única), ou até isenção total.

Saiba que, se vai contratar um novo colaborador, com um contrato sem termo, pode obter um desconto na TSU mensal da sua empresa, caso a nova admissão se encontre numa das seguintes situações:

  • Jovens com idade até aos 30 anos; ou
  • Desempregado longa duração: inscrito no centro de emprego há 12 meses ou mais; ou
  • Desempregado de muita longa duração com 45 anos de idade ou mais, que esteja inscrito no centro de emprego há 25 meses ou mais.

O desconto total ou parcial na TSU (Taxa Social Única) de que falamos incentiva a contratação de desempregados inscritos no centro de emprego, mas não só. Após terminar um estágio profissional, no âmbito da medida “Ativar” do IEFP, pode realizar posteriormente um contrato sem termo, e obter a dispensa temporária de 50% da TSU a cargo da empresa.

Quer perceber como pode usufruir deste benefício nas suas várias modalidades?

Venha conhecer o caso prático da Augusta, gerente da empresa “Lions Robots, Lda.”, e saiba quanto é que ela poupou no custo dos seus colaboradores.


Caso Prático: Como obter um desconto na TSU (Taxa Social Única) mensal da sua empresa?

A Augusta é gerente da empresa de IT “Lions Robots, Lda.”, e vai contratar:

  • um engenheiro informático, o Rui;
  • uma designer, a Sara; e
  • uma assistente administrativa, a Laura.

A Augusta decidiu realizar um contrato sem termo com cada um dos novos colaboradores. Assim, de acordo com o seguinte quadro, existem várias modalidades que a empresa pode usufruir:

Contrate novos colaboradores e pague apenas 50% da Segurança Social!

O Rui tem 21 anos, já realizou um estágio profissional na “Lions Robots, Lda.” e, agora, propuseram-lhe um vencimento de 1300€.

A Sara, com 30 anos, esteve inscrita como desempregada durante 12 meses no Centro de Emprego. A Augusta pretende atribuir-lhe um vencimento de 1600€

A Laura tem 45 anos e esteve como desempregada durante 25 meses. Vai iniciar na empresa com um vencimento de 800€.

Vejamos de seguida o quanto a empresa pode poupar ao final de 3 ou 5 anos, com estas novas admissões, e usufruindo da dispensa parcial ou total de TSU:

Contrate novos colaboradores e pague apenas 50% da Segurança Social!

Como podemos comprovar, ao contratar o Rui e a Sara, a Augusta consegue uma poupança de 10829,00€ e 7996.80€, respetivamente. Comparativamente a contratá-los nas mesmas condições, mas sem usufruir da dispensa parcial. Ainda neste cenário, a poupança do Rui é alcançada em apenas 3 anos, e a poupança da Sara é um acumulado de 5 anos.

Em segundo lugar, a Laura, ao ser contratada pela “Lions Robots, Lda.”, é possível assegurar uma poupança de 7980,00€, ao final de 3 anos de contrato.

No total, a empresa consegue somar uma poupança de 26805,80€, graças ao planeamento otimizado, e relativamente à adoção de incentivos à contratação, que a UWU Solutions sugeriu.

Se também gostaria de aumentar a sua equipa e, ao mesmo tempo, poupar nas contribuições para a Segurança Social, contacte-nos. Nós ajudamos!


voupoupar.pt - Livros essenciais para grandes investidores!

Notícias em destaque:

Atualmente, é pratica comum as empresas atribuírem vales sociais aos seus colaboradores, representando para estes um apoio social...

Continuar a ler
Vales Sociais - Benefícios Fiscais para empresa e colaboradores

Se existem no seu agregado familiar estudantes deslocados, é relevante saber como pode deduzir as despesas incorridas com...

Continuar a ler
Estudantes deslocados - Critérios para dedução das rendas no IRS

A “Creative Advantage, Lda." conseguiu obter uma poupança fiscal no valor 3 428€, ao optar pelo regime mais vantajoso! Vejamos a análise...

Continuar a ler
Qual é o regime fiscal mais vantajoso para a sua empresa?

Será que limitarão os apoios Layoff e Apoio à Retoma Progressiva na distribuição de resultados da sua empresa?

Continuar a ler
Layoff e Apoio à Retoma Progressiva - A sua empresa pode distribuir resultados?
Visite o nosso arquivo de notícias