Sabia que pode reduzir a tributação de rendimentos obtidos pelo arrendamento dos seus imóveis?

Existe agora um novo benefício fiscal que permite, sob determinadas condições, usufruir de uma taxa fixa significativamente menor, em comparação com a que tem sido praticada no seu IRS.

Em consequência, ao invés de ver os seus rendimentos sujeitos a uma tributação fixa de 28%, poderá usufruir, no limite, de uma taxa de 10%! Obtendo uma redução da sua tributação em 18 pontos percentuais!

Esta nova redução está diretamente relacionada com a duração do seu contrato de arrendamento, ou seja, quanto maior a duração do contrato maior será a redução a aplicar.

Estas taxas apenas são aplicáveis a contratos celebrados após 1 de janeiro de 2019 (e renovações inerentes) e a renovações de contratos anteriores a 2019 que se verifiquem após 1 de janeiro.

O André, cliente da UWU Solutions, obteve uma poupança fiscal anual de 600€, durante 5 anos! Vejamos como foi possível este benefício…

Como reduzir a tributação de rendimentos obtidos por arrendamento?

O André é proprietário de um imóvel em Lisboa e decidiu, em janeiro, arrendar este imóvel à Carolina, durante um período de 5 anos, pelo valor de 1 000€ mensais.

Antes de celebrar o contrato de arrendamento, o André pretendia que o mesmo tivesse a duração de 3 anos. Fez uma pequena pesquisa, sobre a tributação a que este rendimento mensal iria estar sujeito, e obteve o seguinte imposto a pagar:

  • Rendimento anual = 12 000€
  • Taxa de tributação = 28%
  • Imposto a pagar (nos 3 anos) = 3 360€

No entanto, antes de assinar o contrato de arrendamento, contactou a UWU Solutions para confirmar esta tributação!

A nossa equipa apresentou-lhe o novo benefício fiscal, e sugeriu que o mesmo optasse por uma duração de 5 anos. Isto porque durante os 5 anos, os seus rendimentos estariam sujeitos a uma taxa de tributação de 23%, ao invés dos 28%.

Ou seja, optando por este cenário, iria reduzir a sua tributação em 5 pontos percentuais:

  • Rendimento anual = 12 000€
  • Taxa de tributação = 23%
  • Imposto a pagar = 2 760€

Assim, ajudámos o André a obter uma poupança fiscal de 600€ por ano, durante cinco anos. Uma poupança total de 3 000€, no final dos 5 anos de contrato!

À semelhança do André, contacte-nos e usufrua de uma taxa reduzida de IRS, sobre os seus rendimentos prediais!


voupoupar.pt - Livros essenciais para grandes investidores!

Notícias em destaque:

A Carolina tem 33 anos e mora na região centro do País! Estudou engenharia informática e trabalha...

Continuar a ler
O programador como trabalhador independente

Tratando-se de um sistema de compensação, no qual se pretende garantir o pagamento de uma parte da retribuição, a que os trabalhadores têm...

Continuar a ler
Reembolso do Fundo de Compensação do Trabalho (FCT)

Partilhamos consigo os pontos que consideramos mais relevantes do Orçamento do Estado para 2021, quer para as famílias, quer para as empresas.

Continuar a ler
Orçamento do Estado 2021 – Conheça o essencial da versão final!

A Lei n.º 15/2017 de 3 de maio estabelece que as atuais ações ao portador terão de ser convertidas em nominativas até ao próximo dia 4 de novembro de 2017. A partir dessa data verifica-se que...

Continuar a Ler
Fim das ações ao portador
Visite o nosso arquivo de notícias