Os indicadores relacionados com a liquidez têm como principal objetivo medir a capacidade da empresa em cumprir com os seus compromissos de curto prazo, como vencimentos, custos com energia, informática, matérias-primas, entre outros.

No segundo vídeo desta série de cinco, damos-lhe a conhecer com detalhe o que é o Ativo Corrente e o Passivo Corrente, assim como os indicadores de:

  • Liquidez Geral; e
  • Liquidez Imediata.

Nos próximos vídeos falaremos dos restantes indicadores que deverá utilizar: Rentabilidade; Endividamento; e Atividade. Não perca!

Caso tenha alguma dúvida, não hesite em contactar-nos.



Notícias em destaque:

O código do IMI prevê, genericamente, dois modos de avaliação dos imóveis. O geral, que se aplica à grande maioria dos prédios...

Continuar a ler
IMI – Já conhece as novas regras de avaliação para 2017?

Na semana passada conhecemos a empresa “Case SA”, assim como a vontade dos seus sócios, Tiago e João, de autonomizar as diferentes áreas operacionais, estruturando o seu negócio numa lógica...

Continuar a Ler
CASE, S.A. - O início de um grupo empresarial [PARTE 02]

Recorda-se da Margarida e do Reinaldo? Venha conhecer a Sandra! A Sandra era a única sócia da empresa Cloud, Lda., uma empresa de consultoria da qual o Reinaldo...

Continuar a ler
Aumento rendimento tributável para recibos verdes - Parte II

Apesar de ainda não se tratar da versão final, consideramos relevante partilhar consigo desde já as propostas de alteração mais relevantes, no âmbito fiscal, para 2018.

Continuar a ler
Orçamento do estado 2018 – Conheça os principais aspetos
Visite o nosso arquivo de notícias