A situação pandémica que estamos a atravessar está a ter implicações diretas na nossa economia e, consequentemente, na tesouraria e atividade da sua empresa.

Entre as várias medidas disponibilizadas para tentar minorar o impacto da atual situação no tecido empresarial, está a possibilidade do pagamento faseado de alguns impostos. Para este efeito, foram disponibilizados planos prestacionais mensais para:

  • O IVA (mensal e trimestral);
  • As Retenções de IRS/IRC mensais;
  • A Segurança Social (TSU mensal).

No caso de aderir ao pagamento faseado, importa garantir os necessários mecanismos para facilitar o cumprimento de todas as obrigações dentro dos (novos) prazos legais, sob pena de a sua empresa incorrer em penalidades desnecessárias.

Neste âmbito, nós UWU Solutions, queremos ajudá-lo a simplificar este processo, assegurando simultaneamente uma gestão eficiente da sua tesouraria.

Vejamos, de que forma é gerido o pagamento prestacional dos impostos da “Prestações Simplificadas, Lda.”!

A empresa “Prestações Simplificadas, Lda.” recebeu hoje o e-mail mensal de impostos da UWU Solutions:

EMAIL-IMAGEM.jpg

De forma a simplificar, vamos assumir que os impostos de março foram exatamente no mesmo valor e que as decisões prestacionais tomadas pela Carla, gerente da empresa, foram iguais para ambos os meses.

Assim sendo, a empresa tomou as seguintes decisões:

  • Segurança Social - Decidiu pagar apenas 1/3 da contribuição devida pela empresa. Já a parte das contribuições devidas pelos colaboradores não tem opção de pagamento prestacional e tem de ser entregue na sua totalidade.
  • Retenções de IRS dos Trabalhadores - A empresa Prestações Simplificadas Lda., decidiu fazer o pagamento do IRS retido em 6 prestações.
  • Restantes retenções - Relativamente às restantes retenções a empresa Prestações Simplificadas Lda. decidiu pagar em 3 prestações.
  • IVA - Neste caso, a empresa decidiu pagar 3 prestações.

Tendo em conta as diferentes opções tomadas, vai exigir-se uma melhor e mais eficaz gestão administrativa dos pagamentos. De facto, importa desde logo identificar e organizar os valores devidos, na data correta, e com as respetivas guias de pagamento.

Vejamos como seria feito o plano de pagamentos desta empresa, considerando apenas estes dois meses:

imagem-quadro.png

Todos os meses, a empresa Prestações Simplificadas Lda. terá de consultar repetidamente o seu plano de pagamentos e respetivas referências, para depois proceder à liquidação de cada prestação no montante correto.

Pois bem, nós apresentámos à Carla uma solução para simplificar a gestão de tesouraria da sua empresa! A gerência pode optar por aderir ao débito direto, para o pagamento destas prestações.

Esta opção está disponível no Portal das Finanças, assim que procede ao pedido de pagamento prestacional dos seus impostos. Optando pelo débito direto, se o pagamento se vence num determinado mês ou no primeiro dia útil do mês seguinte, o processo de adesão ao débito direto deverá estar concluído antes do dia 10 desse mês.

E agora, a Carla pergunta: Se eu aderir a esta forma de pagamento, como saberei qual o valor que me vão debitar no banco até ao dia 20? Como faço a gestão dos pagamentos da minha empresa?

É simples! As cobranças por débito direto são sempre precedidas de um aviso, com 15 dias de antecedência, que nos informa sobre o montante e a data a partir da qual a cobrança será feita. Será o próprio sistema das Finanças a fazer esta gestão e a alertá-lo para as suas cobranças.

Faça como a “Prestações Simplificadas, Lda.”! Adira a este sistema para pagar os seus impostos e simplifique a sua gestão! Se necessitar de mais esclarecimentos… contacte-nos! 



Estado de Emergência

Notícias em destaque:

A Alfa Lda. está bem e recomenda-se! Tendo em conta os bons resultados, os dois sócios Pedro e Vasco (detêm 50% do capital cada), pretendem premiar a equipa pelo seu contributo. No entanto...

Continuar a ler
Quer premiar a sua equipa – Saiba como!

No início do ano, apresentamos-lhe as mais recentes alterações a que o Imposto Adicional Sobre Imóveis(AIMI) foi...

Continuar a ler
Sabia que o valor pago de AIMI pode diminuir o seu IRS/IRC?

A proposta de Orçamento do Estado para 2019, promulgada pelo presidente da república no final do ano de 2018, apresenta algumas alterações de caráter fiscal que vimos partilhar...

Continuar a ler
Orçamento do Estado para 2019 - Alterações aprovadas

O Orçamento do Estado para 2017 trouxe uma novidade muito relevante quanto à tributação de imóveis: o adicional ao IMI (o chamado AIMI). O valor tributável do imposto corresponderá à ...

Continuar a ler
AIMI - Saiba tudo sobre o novo imposto sobre imóveis
Visite o nosso arquivo de notícias