Anteriormente, partilhámos consigo as bases da estratégia de poupança que estamos a implementar na empresa “Plano Dedicado Lda.”. Recorde aqui este caso, e o que estamos a planear fazer.

Desta feita, vamos mostrar-lhe todos os detalhes da estratégia, que irá permitir que a empresa consiga poupar um total superior a 75 000€ em impostos.

Recordemos as bases do nosso plano de ação:

Agora, vamos mostrar-lhe a parte mais valiosa para si: a aplicação da estratégia de poupança que desenhámos para a empresa “Plano Dedicado Lda.”. Curioso? Venha descobrir como chegámos a mais de 75 000€ de poupança fiscal!

Conhecendo as prioridades e objetivos do nosso cliente, decidimos planear as poupanças relativas aos seus investimentos da seguinte forma:

Crédito Fiscal Extraordinário ao Investimento II (CFEI II)

A “Plano Dedicado Lda.”, pretende investir:

  • Em novos equipamentos de treino: cerca de 50 000€;
  • Em cacifos para os balneários: cerca de 15 500€;
  • Em monitores: 7 500€;
  • Em computadores: 4 000€;
  • Em relógios de treino: 650€;
  • Em decoração: 6 000€;

Ao todo, a “Plano Dedicado Lda.”, terá um total de investimento elegível no valor de 77 650 €, para efeitos do CFEI II. Para usufruir do mesmo, apenas terá de adquirir estes equipamentos até ao final do primeiro semestre do próximo ano. Vejamos:

  • Total do investimento elegível: 77 650€
  • Total da poupança obtida (20%): 15 530€

O nosso cliente poderá poupar cerca de 15 530€, pelo simples facto de investir na altura correta. Repare que basta deixar atrasar os seus investimentos para que perca todo este benefício.

Recorda-se de lhe termos indicado anteriormente que o planeamento era importante? Aqui está a prova: uma oportunidade inteligente de otimizar os seus investimentos!

O nosso cliente “Plano Dedicado Lda.” poderá eliminar grande parte do imposto a pagar no próximo ano. E, para além disto, o valor que não seja passível de deduzir, poderá utilizá-lo nos cinco anos seguintes.


Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresariais II (SIFIDE II)

Por outro lado, poderemos relacionar o investimento em desenvolvimento e inovação ao investimento que surgiu por consequência da adaptação à nova realidade.

Ou seja, se considerarmos que os colaboradores que irão contemplar este projeto têm os seguintes custos anuais:

Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresariais II (SIFIDE II)

E, aos mesmos, associarmos o tempo despendido neste projeto, conseguimos indicar o custo de cada elemento às atividades elegíveis. Ou seja, apurámos os custos que a empresa irá suportar com o desenvolvimento da sua nova aplicação.

Assim sendo, a “Plano Dedicado Lda.”. poderá considerar o seguinte crédito fiscal:

Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresariais II (SIFIDE II)

Com o SIFIDE II, o nosso cliente irá obter, a seu favor, um crédito fiscal total de 60 197€, a deduzir diretamente ao valor do imposto a pagar.

E, não havendo possibilidade de dedução no ano de 2020, poderá usufruir deste crédito nos oito anos seguintes.

No total, este plano irá proporcionar ao nosso cliente uma poupança fiscal total de 75 727€.

Pretende obter um plano igualmente valioso para a sua empresa? Não perca tempo e contacte-nos!



voupoupar.pt - Livros essenciais para grandes investidores!

Notícias em destaque:

Entrou em vigor, no passado dia 22 de Agosto, a lei que proíbe transações que envolvam montantes iguais ou superiores a 3.000,00€. De uma forma resumida esta nova lei proíbe...

Continuar a Ler
Pagamentos em numerário - Já conhece as novas regras?

Sabia que poderá obter uma poupança fiscal notória, aquando da tributação dos seus rendimentos, simplesmente por...

Continuar a ler
Qual é o melhor regime fiscal para a sua empresa?

O investimento nas chamadas "moedas virtuais" é cada vez mais comum. As operações relacionadas com as mesmas podem gerar ganhos obtidos com a sua...

Continuar a ler
Cripto-Moedas - Saiba como as "moedas virtuais" são tributadas

Começa no próximo mês de Abril, e estende-se até ao final do mês de Junho, o período de entrega da declaração de IRS relativa aos rendimentos obtidos em 2018.

Continuar a ler
IRS 2018 - Faça já a sua simulação
Visite o nosso arquivo de notícias