Se está a pensar adquirir um carro novo, sabia que existem benefícios e possíveis isenções que poderão abrangê-lo na sua esfera pessoal? Sim, desta vez não nos referimos à sua empresa, mas a si.

Os incentivos fiscais têm um peso significativo no nosso orçamento e, por esta razão, devemos fazer as nossas escolhas com base na promoção da eficiência fiscal. Desta feita, pretendemos apoiá-lo na obtenção desta eficiência, através de um benefício fiscal associado à aquisição de veículos elétricos. De facto, este tipo de apoio não se limita apenas à aquisição de viaturas por parte das empresas, mas também por pessoas particulares.

Convidamo-lo a conhecer o caso do Mário, que pretende adquirir uma nova viatura. O Mário procurou a UWU Solutions para saber mais sobre os benefícios de que poderá usufruir. Na verdade, após saber como fazer, obteve uma excelente poupança, baseada numa escolha inteligente. Mais à frente contamos-lhe tudo!

Este incentivo, que lhe queremos dar a conhecer, é dirigido a pessoas singulares que pretendem adquirir uma viatura exclusivamente elétrica, em estado novo. De forma resumida, temos os seguintes benefícios monetários:

quadro-01.png

Contudo, deverá ter em atenção que:

  • Uma pessoa apenas pode beneficiar deste incentivo numa aquisição única;
  • Terá de manter o veículo por período mínimo de 24 meses;
  • Não pode exportar estes veículos;

O pedido de atribuição deverá ser apresentado, através do preenchimento de um formulário, no site do Fundo Ambiental. Os incentivos estão limitados pelas verbas atribuídas e serão ordenados de acordo com a data de formalização do pedido.

Mas não acaba por aqui! Quanto à isenção de ISV e IUC, existem também algumas particularidades que poderão influenciar a sua escolha. Vejamos:

  • Automóveis exclusivamente elétricos: estão completamente isentos de ISV e IUC.
    • Importado usados da União Europeia: Não pagam qualquer imposto;
    • Importados fora da União Europeia: Continuam a não pagar ISV e IUC, pagando apenas as taxas aduaneiras com a transação da viatura.
  • Automóveis híbridos ou híbridos Plug-in:
    • IUC: Não estão isentos de imposto.
    • ISV novos ou importados usados: Os híbridos normais pagam 60% do ISV e os híbridos plug-in pagam 25% do valor.

O Mário decidiu comprar uma viatura exclusivamente elétrica. O carro em causa custou cerca de 60 000€. Como estava devidamente informado, acabou por utilizar os benefícios fiscais, que lhe apresentamos seguidamente. Em conversa com o seu amigo de longa data, o Damião, decidiu falar-lhe da poupança que obteve com esta aquisição!

O Damião ficou intrigado, uma vez que se prepara para adquirir um veículo híbrido a Diesel, no montante de 57 200€, e não conhecia estes benefícios. Foi então que o Mário partilhou com o seu amigo a seguinte tabela, para o apoiar no processo de compra:

quadro-02.png

É de facto visível, também na esfera privada, a poupança de impostos inerente à decisão por certo tipo de viaturas. A preocupação ambiental parece estar na linha da frente, e isso reflete-se nos benefícios fiscais em vigor.

O Damião agradeceu a informação que o Mário lhe forneceu, e decidiu também consultar a UWU Solutions para uma análise do seu caso concreto. Não desaproveite os benefícios fiscais, contacte-nos e tome a melhor decisão!


voupoupar.pt - Livros essenciais para grandes investidores!

Notícias em destaque:

Não raras vezes estes conceitos tendem a causar alguma confusão, pelo que importa esclarecer que se tratam de conceitos distintos. A diferença fundamental entre...

Continuar a ler
Gratificações de balanço vs Distribuição de resultados

A UWU Solutions e ArrowPlus são atualmente parceiros no que respeita ao aconselhamento profissional e especializado...

Continuar a ler
Um video/podcast para investidores imobiliários!

Dia 1 de outubro entra em vigor a nova lei do Código do Trabalho! Efetivamente, a lei laborar irá sofrer um conjunto de alterações que...

Continuar a ler
Código do trabalho - Conheça as mais recentes alterações

Se, ao longo do ano de 2018, obteve rendimentos de rendas de imóveis e não emitiu o respetivo recibo, através do Portal das Finanças, está agora obrigado a...

Continuar a ler
Já entregou a sua declaração Anual de Rendas?
Visite o nosso arquivo de notícias