UWU Solutions - Contabilidade, Consultoria Fiscal e Recursos Humanos.

UWU Solutions - Conteúdo essencial regularmente atualizado.

Medida Estágios Profissionais - Candidaturas abertas até 16 de Junho

 

Medida-Estagios-Profissionais-Candidaturas-abertas-ate-16-de-Junho

Abriram as candidaturas à Medida Estágios Profissionais.

Esta medida visa apoiar a inserção de jovens no mercado de trabalho e a reconversão profissional de desempregados, através da experiência prática em contexto de trabalho. A medida passa a ter períodos de candidatura regulares e fechados, com dotações financeiras especificas para cada período (neste caso 18.800 milhões de euros), e limite de estágios por entidade promotora, por ano civil, de acordo com o número de trabalhadores da mesma.

Assim, importa frisar alguns pontos fundamentais... 

Continuar a Ler

 

A frota da sua empresa está otimizada fiscalmente?

Se tem viaturas na sua empresa, saiba que existe uma tributação especial sobre as despesas com algumas dessas viaturas (tendo em conta a tipologia das mesmas), que pode atingir os 45%.

Efetivamente, todas as despesas (combustíveis, reparação e manutenção, seguros, imposto de circulação, juros de financiamento, portagens, estacionamentos, etc.) em que uma empresa incorra com viaturas ligeiras de passageiros ou mistas estão sujeitas a uma tributação especial em IRC, denominada "Tributação Autónoma".

O valor desta tributação adicional é maior ou menor em função do valor do automóvel, estando também dependente do facto de a empresa, em determinado ano, apresentar lucro ou prejuízo.

Assista o nosso vídeo, faça o download do Simulador que disponibilizamos e saiba como otimizar fiscalmente a frota da sua empresa. Alguma dúvida não hesite em nos contactar.

Continuar a Ler

 

Simulador IRC 2016 - Pagamento até ao final do mês

 

simulador-irc-2016-site

É já em Maio que as empresas têm que liquidar o valor de IRC (Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas) relativo ao ano anterior. Assim reveste-se de especial importância que os empresários conheçam bem este imposto, essencialmente para compreenderem na plenitude o que estão a pagar neste momento, relativamente a 2016.

Assim, tendo em conta o funcionamento deste imposto, abordamos esta semana algumas das questões mais frequentes, que surgem nesta altura:

Para além disso, e de modo a ajudá-lo no cálculo deste imposto, disponibilizamos um simulador de IRC para 2016. Faça download do mesmo e saiba o valor de imposto a pagar.

 Download do Simulador     Continuar a Ler

Benefícios Fiscais - Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresarias II (SIFIDE II)

Beneficios-Fiscais-SIFIDEII-site

Durante as últimas semanas analisámos alguns incentivos fiscais cujo objetivo passa pela redução, e até isenção, do pagamento de impostos, tais como o IRC. Recapitulando, analisámos os seguintes incentivos fiscais:

Assim, esta semana iremos analisar o SIFIDE II (Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresarias II).

Versão em PDF     Continuar a Ler

 

Benefícios Fiscais - Regime Fiscal de Apoio ao Investimento (RFAI)

 

Beneficios-Fiscais-RFAI SITE

Existem alguns incentivos fiscais cujo objetivo passa pela redução, e até isenção, do pagamento de impostos, tais como o IRC. Deste modo, decidimos partilhar consigo, com mais detalhe, cada um destes benefícios.

Assim, dando continuidade ao último conteúdo sobre benefícios fiscais, onde analisámos em detalhe o incentivo fiscal DLRR (Dedução por Lucros Retidos e Reinvestidos), esta semana vamos conhecer melhor o RFAI (Regime Fiscal de Apoio ao Investimento).

Versão em PDF     Continuar a Ler

 

AIMI – Faça a melhor opção e poupe no imposto

 

poupe-no-aimi-site

Conforme já divulgado anteriormente por nós, o Orçamento do Estado para 2017 trouxe uma novidade relevante quanto à tributação de imóveis: o adicional ao IMI (o chamado AIMI).

Estão sujeitas a este novo imposto todas as pessoas singulares (residentes e não residentes), bem como coletivas (empresas; heranças indivisas; etc.) que, a 1 de janeiro de cada ano, sejam proprietários ou usufrutuários de bens imóveis situados em território português classificados como “habitacionais” ou “terrenos para construção”.

O valor tributável do imposto corresponderá à soma dos VPT dos prédios habitacionais ou terrenos para construção situados em território português, de que o sujeito passivo seja titular a 1 de janeiro do próprio ano (contrariamente ao IMI, em que releva o 31 de dezembro do ano anterior). À soma dos VPT referida deverá ser deduzida a quantia de 600.000 euros, sempre que o sujeito passivo seja uma pessoa singular ou uma herança indivisa.

Desta feita vamos debruçarmo-nos sobre o caso dos proprietários pessoas singulares casadas ou em união de facto, dado existirem diferentes opções que podem influenciar significativamente o AIMI a pagar.

Continuar a Ler

UWU Solutions - Política de cookies

Este portal utiliza cookies para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Ao utilizar o nosso portal, concorda com a nossa utilização de cookies.

Saber Mais

Procurar

Venha conhecer-nos!

Deixe-nos os seus contactos e nós agendaremos uma reunião consigo, sem qualquer compromisso!

Agendar Reunião

Conteúdos UWU

Receba por e-mail todos os conteúdos que disponibilizamos:

Siga-nos nas Redes Sociais!

 

 

 

Notícias

Informação ao consumidor

Em caso de litígio de consumo, o consumidor pode recorrer à seguinte entidade de resolução alternativa de litígios de consumo:

logo CACCL

Endereço postal: 

Rua dos Douradores, 116, 2º - 1100-207 Lisboa

Tel: +351 218 807 030

Fax: +351 218 807 038

E-mail: 

juridico@centroarbitragemlisboa.pt

director@centroarbitragemlisboa.pt

Web: www.centroarbitragemlisboa.pt

---

 Para atualizações e mais informações, consulte o Portal do Consumidor em www.consumidor.pt.

(ao abrigo do artigo 18.º da Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro)